Catarina Paolino onfly flor onlyf em twitter, Uno e varanda abandonada em reddit

Aventura e viagem em autocaravana: este é um dos sonhos de Catarina Paolino e da sua família. Nascido na cidade do Rio de Janeiro, Carioca cresceu em uma família de artistas entre as aldeias de Santo Antonio, em Bomjardim, e São Pedro da Serra, em Nova Friburgo. Seu avô, que era italiano, era dono de um circo e o vigor foi transmitido de geração em geração.

catarina paolino onfly

“Sempre estive ligado a esse universo, mas em 2018, quando estava no ensino médio e já morando no interior, passei por um período de depressão muito forte. Meus meus pais deram muita ênfase à cultura brasileira e trouxeram muito do exterior. Minha mãe tinha uma amiga circense que organizava o Circus Champions Festival na França e ela me convidou para sua residência artística em 2018”, conta.

Este passeio reúne pessoas que trabalham com circos de todo o mundo. Isso é tudo que Katarina precisa fazer para encontrar seu propósito. “Voltei para o Brasil e disse ao meu pai que era isso que eu queria fazer: estudar circo. Então, mudei para Portugal depois de ser aceito na Escola de Circo Profissionalizante Chapitô. Como não éramos ricos, meu orçamento era apertado e a escola me deu uma bolsa, o que me ajudou muito, principalmente durante a pandemia.”

O primeiro vídeo de Catarina no YouTube foi lançado em agosto de 2020. Qual é o tema? A sua vida está acima da vida na escola de circo portuguesa e das provações que viveu naquele país. Mas não demorou muito para que ela começasse a fazer sucesso com conteúdos de viagens inusitados: um deles foi feito com um Tesla, uma referência a carros elétricos.

“Eu sonhava em ter um motorhome e, quando meu pai e eu fazíamos longas viagens, brincávamos que estávamos dirigindo um motorhome. Entendi, principalmente na Europa, que não precisava esperar para ter dinheiro para comprar um motorhome: poderia acontecer antes do meu sonho, viajar do jeito que eu puder. Aí um amigo me convidou para uma viagem pela Espanha. Ele, sua esposa, sua tia e eu iríamos todos. Éramos quatro no Tesla”, explicou com humor.

Esta viagem, realizada no início de 2023, atraiu ainda mais a atenção do público, com cada vídeo a receber perto de um milhão de visualizações. No vídeo, Catarina Paolino, que tem mais de 5 milhões de seguidores no Youtube e no TikTok, mostra tudo o que passa, desde o luxo do carro até às adversidades.

“O modo de vida deles é muito diferente, por exemplo, quando vão a restaurantes, ficam mais tranquilos. Às vezes, ficamos muito tempo no mesmo lugar, o que é doloroso (…). Outra coisa é quando o carro está quase Eletricidade vazia. Adrenalina: “Meu Deus, isso não pode acabar agora, temos que economizar”. Mas no final dá tudo certo.”

Na hora de dormir e tomar banho, ela explicou que precisavam de um lugar para alugar. “Estivemos em cada cidade de Espanha cerca de três dias, por isso alugámos um hotel ou uma casa para essas necessidades. Foi um óptimo preço se fosse partilhado. Admito, para mim, toda esta experiência foi diferente da minha realidade. é muito diferente.”

Viajar para Espanha num Tesla não foi a primeira vez que Catalina conduziu. Há alguns meses, ela estava no Brasil com a família, morando em um Fiat Uno. “Quando voltei para o país, passamos um mês viajando no Uno, o que foi uma loucura. Visitamos Minas Gerais, Brasília e depois o Nordeste. Acho que conhecemos quase todos os estados. Adoro. Nosso país é muito rico e a comida é muito boa.”

Segundo Katharina, o maior problema dessa aventura é o perigo que a família enfrenta em determinados locais. “Uma vez paramos em um posto de gasolina à beira da estrada para ir ao banheiro e abastecer o carro, e fomos perseguidos por um homem. Ele caminhou em direção ao carro e depois em direção ao banheiro onde estávamos. muito. Percebemos que a situação é suspeita.”

Rolar para cima